segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Minha Panela de Barro


Não é linda??? Adoro panelas de barro, além influenciar no sabor da comida elas ainda tem charme, são lindas, vão direto à mesa e dão a impressão de que vivemos em outras épocas, num mundo distante deste de hoje, onde tudo tem que ser rápido, apressado, sem tempo para apreciar as coisas que realmente interessam. Por isso panela de barro deve ser usada em ocasiões especiais, onde temos tempo, podemos jogar conversa fora e esperar a comida cozinhar lentamente. Afinal, uma panela de barro demora a esquentar, mas quando esquenta....
Eu demorei uns bons anos para comprar a minha primeira, é bem difícil de achar em São Paulo e quando achamos o preço não é dos melhores. Tenho um tio que mora no Rio de Janeiro e tem umas barraquinhas perto de onde ele mora com muitas panelas com preços ótimos. O problema é ir pro Rio para comprar uma. Então a primeira comprei em uma loja na beira da estrada, numa das minhas idas ao litoral. Não paguei um preço tão alto, mas foi mais caro que pagaria nas barraquinhas. Na minha recente viajem à Bahia acabei passando perto de um desses lugares com muitas panelas, com vários tamanhos e preços. Tratei logo de comprar uma outra menor para mim e uma para uma amiga que adora cozinha....
Não sei de onde são as minhas panelas, mas as mais tradicionais são feitas no Espírito Santo, da mesma forma como eram feitas há 400 anos atrás.
Vale a pena conhecer o processo como são confeccionadas para dar valor àquilo que é feito na nossa terra. Se pensarmos nesse processo, o preço que pagamos é até baixo, o problema é que quem ganha o dinheiro das panelas não são as paneleiras, porque elas vendem por um preço bem baixo, e sim os atravessadores.



Enfim, mesmo tendo comprado a minha primeira panela há quase um ano nunca havia usado. Ela foi inaugurada em grande estilo, com uma super moqueca baiana, mas não fui eu quem fiz a tal iguaria. Quem estreou a minha panela foi meu tio no almoço do Ano Novo. Meu tio que, aliás, é também meu padrinho e cozinha muuuito!
A moqueca ficou ótima, foi cozida no tempo dela e enquanto isso fizemos o que deveríamos fazer: fomos beliscando umas coisinhas, batendo papo e apreciando o tempo juntos. A receita desta vez não é minha, é do tio, mas também é muito boa. Para quem tiver interesse em conhecer um pouco mais sobre moqueca, este prato tão típico do Brasil, clique aqui. A receita está logo abaixo. Alex, acho que é isso, né? Se não for, me corrija.

Moqueca de Peixe à Baiana


Ingredientes:
8 posta de badejo (ou outro peixe de carne firme)
Sal, pimenta e limão para o tempero do peixe
1/5 Kg de camarão limpo
3 tomates em rodelas
2 pimentões em rodelas
2 cebolas em rodelas
Azeite de oliva a gosto
Sal e pimenta à gosto
1 vidro (200 ml) de leite de coco
Coentro à gosto
Azeite de dendê à gosto (mas com cuidado)

Preparo: Temperar o peixe e os camarões e deixar tomar gosto por meia hora. Fazer na panela de barro uma "cama" com metade dos tomates, cebolas e pimentões. Colocar as postas de peixe sobre esta cama e cobrir com o restante dos tomates, cebolas e pimentões. Vá temperando entre as camadas com sal e pimenta. Regar com azeite de oliva, polvilhar o coentro picadinho e levar ao fogo, até que o peixe cozinhe e o líquido reduza um pouco. Neste momento acrescentar o leite de coco e o dendê e deixar ferver mais um pouco. Quando estiver quase na hora de servir acrescente o camarão e cozinhe por, no máximo, mais 5 minutos. Sirva com arroz branco.
Show de bola......

15 comentários:

Nana disse...

hehehe adivinha quem essa amiga, cof cof
kkk
bjs flor e boa semana, vamos mantendo contato.

ameixa seca disse...

Ainda não tenho essa panela mas um dia eu consigo :)

Letícia disse...

Nana, nem falei que era vc pro povo não ficar enciumado..hehe

Ameixinha, esse é outro presente que mandaria prá vc junto com o sagu...

Bjo

Gina disse...

Irei ao Espírito Santo em fevereiro. Sabe que me deu uma vontade de comprar uma dessas por lá? A moqueca capixaba é muuito boa. Algumas vezes fiquei hospedada num hotel fazenda do ES, que servia todas os pratos em panelas de barro, que maravilha!
Bjs.

Letícia disse...

Oi Gina, se puder compre uma, essas são as originais mesmo e é muito legal cozinhar em panela de barro. Bjos.

Casa Capixaba disse...

Olá Pessoal, para quem quer comprar ótimas panelas do ES aqui vai o endereço que está no site: www.casacapixaba.com.br - ótimos preços.

ferricc disse...

Olá pessoal, acabei de comprar uma panela de barro no site www.paneleiradegoiabeiras.com.br são as originais fabricadas a mais de 400 anos. Fiz uma carne com batata no caldeirão que nenhum mineiro poderia imitar... hummmmm

Espero ter ajudado, pois pra mim esse site foi um achado.

Letícia disse...

Casa Capixaba e ferricc, obrigada pela dica!
Abs.

ferricc disse...

Olá Letícia, eu adoro cozinhar e sempre uso minhas 6 panelas (parece exagero, mas prefiro ter uma para casa prato), bom vamos ao que interessa, terça feira agora fiz um prato que chama-se CHICLETE DE CAMARÃO, eu nunca havia visto e foi na internet que peguei a receita.

No blog que peguei a receita dizia que esse é um prato típico de Maceió e tal; veja a receita abaixo, vale a pena fazer e é super rápido, fiz em 30 minutos.

Chiclete de Camarão
(três a quatro pessoas)
Ingredientes:· Óleo· 1 dente de alho socado· 1 cebola picadinha· 1/2 quilo tomate picado (tirar pele e semente)· 1 pimentão picadinho· coentro a gosto· sal a gosto· 400 g de camarão descascado· 2 colheres sopa de leite de coco· 1 colher cheia de requeijão· 100 g de queijo mussarela fatiado
Modo de Fazer:
· Refogue a cebola, o alho, o pimentão, o tomate, o sal e o coentro até obter um molho.

· Adicione o camarão e cozinhe por 3 minutos.

· Misture o leite de coco com o requeijão e junte ao molho.

· Cubra com as fatias de mussarela, espere derreter e sirva com arroz branco.

∎ Você conhece o Chiclete de Camarão? É o famoso prato de ‘camarão com queijo’ servido na Praia do Francês, ao sul de Maceió.

Letícia disse...

Ferricc, isso deve ficar muito bom....ese negócio de panela de barro é meio que paixonite, vc compra uma e vai comprando outras.... eu tenho só duas, mas adoro as minhas, tenho o maior ciúme.

Vou testar esta receita e depois te falo o que deu. Bjos e obrigada.

Bel disse...

Olá,
fiquei interessada em saber onde seu tio mora aqui no Rio para procurar as tais barraquinhas. A minha velha panela de barro, que comprei ( olha a ironia!) quando morava em SP, no mercado de Pinheiros ( ainda existe?), acaba de rachar. Vou fazer uma moqueca amanhã, e não sei onde comprar aqui no Rio. Adorei o Site que indicaram aqui na tua pag. mas tenho pressa e não vai dar para encomendar..
se vc puder me responder, agradeço muito.
parabens pelo teu blog. adorei as receitas.
abraço,
bel

Letícia disse...

Olá Bel, comprei a minha panela na BR 101, sentido Rio, uns 10 Km antes de chegar na ponte Rio-Niteroi. É uma barraquinha na beira da estrada, tem muitas por ali. O meu tio mora em São Gonçalo, lá também tem essas barraquinhas. Espero q ajude.
Bjo.

Adriana disse...

Sou capixaba e vc precisa fazer é a nossa moqueca! pq moqueca é só capixaba, o resto é peixada!rs
to querendo comprar o meu primeiro jogo de panelas de barro!

Letícia disse...

Adriana ganhei um livro com receitas do Espírito Santo que eu amei, mas acho que terei que ir prá aí e comer em loco, senão não tem graça, hehe.
Bjo

Anônimo disse...

Morro em Barra Mansa-RJ,acabei de ganhar um conjunto com três, meu filho chegou hoje de Vitória, custou só dez reais as três.Estava pesquisando como curti-las e achei seu blog. Rose.

Related Posts with Thumbnails