terça-feira, 1 de julho de 2008

Chá verde, chá preto, matcha...

Andando por aqui e ali, durante este quase 1 mês de blog, tenho visto muitas receitas utilizando chás japoneses. Matcha, sincha, bancha, chá verde, chá branco, são tantos tipos que acabou causando alguma confusão por aqui. Não sabia o que era o que, prá que servia, quais os benefícios. Pensando na minha confusão e que outros podem estar passando pelo mesmo problema, decidi pesquisar e escrever um pouco sobre o assunto. Não tenho a pretensão de fazer um tratado científico, só mesmo tentar conhecer um pouco mais deste mundo ainda desconhecido para os ocidentais.

Para começar a falar de chá, é preciso saber de onde vem. Os chás são produzidos a partir de folhas de uma planta chamada Camellia sinensis (em latim, significa camélia da china).
Originalmente recebeu o nome de Thea sinensis, que caiu em desuso após a verificação que este tipo de vegetal era muito semelhante aos vegetais da família das camélias. Então o nome da planta foi modificado, colocando no lugar de Thea, Camellia, que é o nome da família deste vegetal. A planta é uma árvore que pode chegar a 15 metros de altura, e é nativa das florestas do nordeste da Índia e sul da China.
Na verdade, o chá é a infusão das folhas desta planta.

Os chás produzidos a partir da Camellia sinensis recebem classificações diferentes devido aos diferentes modos de processamento a que são submetidos. A partir do momento em que as folhas da Camellia são colhidas, rapidamente começam a oxidar. As moléculas de clorofila vão se quebrando e as folhas vão escurecendo. A intenção é parar esse processo de oxidação para a obtenção dos diferentes tipos. Vale lembrar que a palavra usada neste processo é fermentação, mas na verdade a fermentação é a transformação através de microorganismos, o que de fato não acontece com as folhas de Camélia sinensis. A partir daí, os métodos de produção transformam as folhas em quatro tipos principais:

Chá Branco: folhas retiradas do arbusto quando este está com flores em botão, não sofrem o efeito da oxidação. Possui sabor mais suaves que os outros tipos, é considerado refrescante. Possui propriedades que colaboram com o retardo do envelhecimento (graças ao tanino presente em suas folhas), possui cafeína e é considerado auxiliar na redução de peso, por acelerar o metabolismo. Também há estudos de sua ação como anticancerígeno, diminuição das taxas de LDL (colesterol ruim)

Chá Verde: entra em oxidação, mas esta e suspensa pelo método de aplicação de calor úmido (vapor) - método tradicional japonês ou em bandejas quentes (método tradicional chinês). Possui cafeína, tem um sabor levemente amargo e basicamente as mesmas propriedades do chá branco.

Chá Oolong: de oxidação média, seu sabor, segundo especialistas, está entre o chá verde e o chá preto. Possui também menos cafeína que o chá preto e mais que o chá verde.

Chá Preto: também conhecido como chá vermelho (tradução do chinês), as suas folhas são colhidas e passam horas secando e submetidas o oxidação. A perda de água e a exposição ao oxigênio fazem com que a cor das folhas mude, o que remete à origem do seu nome.É o mais consumido no mundo e o que possui maior concentração de cafeína.

Outras Classificações:

Chá de plantação coberta: também conhecidos como Tencha, são chás produzidos em plantações parcialmente cobertas do sol. Estão nesta classificação o Giokuro (enrolado e processado - considerado o mais nobre dentre os chá de folhas enroladas), Matcha (produzido a partir de tencha triturado) e o Kikucha (feito com folhas e galhos restantes da colheita do giokuro, tostado a seco sob fogo).

Chá de plantação descoberta: feitos a partir daquilo que sobrou da colheita, com exposição solar. São de preparo mais fácil e muito consumidos. Estão entre esses o Sencha (enrolado e processado - quando de primeira colheita é conhecido como sincha -
novo chá ), Bancha (é o sencha colhido entre o verão e o outono, com sabor característico, possui menor quantidade de cafeína que outras variedades), Genmaicha (mistura de chá com arroz torrado), Hojicha (produzido a partir da mistura entre bancha e sencha ou kukicha, torrados)

Outros tipos:
Pu-ehr - chá oxidado, fermentado (ação de bactérias) e envelhecido.
Chá amarelo: chá processado como o chá verde, com um tempo mais curto de secagem. Considerado um chá nobre.

Curiosidades:
Segundo a história o hábito de tomar chá surgiu por acidente, quando o imperador chinês Shen Nong , após um acidente que sofreu realizando um experimento, o que lhe causou uma intoxicação gatrointestinal
, derrubou sem querer plantas sobre uma xícara de água fervente. O aroma vindo da xícara chamou sua atenção e ele acabou bebendo a mistura. E se curou da enfermidade provocada pelo experimento.

O hábito tão enraizado na cultura inglesa de tomar chá surgiu com uma portuguesa. Catarina de Bragança, filha de D. João VI, casou-se com Carlos II, inglês, e levou com ela uma arca de chás chineses, iniciando, desta forma, o consumo na corte inglesa.

Dica de preparo do chá verde:

Leve a água ao fogo e desligue antes da água ferver;
Coloque a água sobre as folhas (em bule ou caneca) e tampe por alguns minutos (costumo deixar 3 minutos)
O melhor é tomar o chá verde sem adoçar, se for adoçar, use mel (1 colher chá) ou açúcar mascavo, mais naturais.
Cada um tem a sua proporção de chá verde, eu uso 1 a 2 colheres (chá) das folhas para 250 ml de água.
O melhor mesmo é usar as folhas de chá e evitar os chás de saquinho.

Fontes de pesquisa:
http://pt.wikipedia.org
http://revistavivasaude.uol.com.br
http://www.linhabioslim.com.br
http://cha.web.simplesnet.pt

5 comentários:

ameixa seca disse...

Gosto muito de tomar chá. Tenho pena de desconhecer a maioria e prefiro as infusões de ervas ao invés dos saquinhos de caixa que compramos nos supermercados.

Letícia disse...

Ameixinha, eu também gosto muito de chá e prefiro o de ervas (frescas ou secas) aos saquinhos. Depois deste post aprendi muito sobreo assunto, coisas as quais não conhecia mesmo. Valeu pelo conhecimento adquirido. Agora acho que pelo menos não passo vergonha em uma casa de chá...rs. Bjos.

Anônimo disse...

Olá,com a sua permissão gostaríamos de lhe apresentar nosso Programa de Afiliados para autores de blogs.
Através do nosso Programa de Afiliados você poderá gerar renda através do seu blog por meio de inserção de nossos banners.
Para cada visitante do seu blog que realizar uma compra em nossa loja oferecemos a comissão de R$1,00.
Para obter maiores iniformações acesse o seguinte endereço http://www.tnh.com.br/afiliados

Jennifer disse...

Olá!
Adorei sua dissertação sobre os tipos de chás, muito conscisa e esclarecedora! Além da ótima trilha sonora. =]

Visitarei mais vezes de agora em diante.

Jennifer Ruas

Letícia disse...

Olá Jennifer, que bom que gostou, volte sempre, será bem vinda!!!
Um abraço.

Related Posts with Thumbnails