quinta-feira, 31 de julho de 2008

Comida e música, desafio gostoso esse! Com Eine Kleine Nachtmusik, embalando as manhãs de domingo.

Mais uma vez foi bisbilhotando no blog da Akemi (vou muito lá sabe, tem tanta coisa boa...) que descobri essa idéia incrível da Simone Izumi, do Chocolatria. Achei brilhante e decidi participar. Eu sempre cozinho ouvindo música, é inspirador. Lendo o post da Akemi lembrei da músicas que eu ouvia nos anos 80. Época boa, mas como era difícil de conseguir uma música. Hoje é tudo tão fácil, é só escutar a música e ela já está no computador, no pen drive, no mp3. Quando eu era adolescente era difícil. Os famosos LP´s eram caros, eu só ganhava os meus de presente de natal. Foi assim que consegui a minha coleção do Duran Duran e do A-Ha, ficava ansiosa prá ganhar logo as bolachas e quase as furava quando estavam em minhas mãos, de tanto ouvir. O único disco que não consegui ganhar na época foi o The Police, o qual comprei em CD depois.
Mas eu precisava ouvir as música nos outros dias do ano, antes de ganhar os discos, e eu comprava fitas K7 virgens e começava a minha pirataria. Ficava como uma alucinada ao lado do velho rádio gravador da minha mãe (era um super aparelho na época...rs), esperando a música tocar, com a fita já no ponto, com o "pause" apertado (era só soltar e começava a gravar) e quase tinha um acesso de raiva com aquelas vinhetas horrorosas no meio da música. Acabavam com a minha gravação...rs
As músicas que fiquei mais contente quando consegui ter em disco são Matter of Feeling, do Duran Duran e Hunting High and Low, do A-Ha. Adoro essas músicas até hoje.
Mas depois de contar toda essa história devo dizer que as músicas que me fazem lembrar o prato escolhido estão muito longe dessas, aliás séculos longe... o prato que escolhi foi carne de panela com batatas coradas, uma das especialidades da vó, que fazia aos domingos prá acompanhar a macarronada. Ela começava a cozinhar cedo, afinal comida de nona demora prá ser feita, tem todo um ritual. A carne era temperada de véspera, ficava horas cozinhando no fogo baixo até ficar macia e junto estava o molho de macarrão (horas reduzindo). E enquanto isso acontecia a minha mãe colocava os seus discos de música erudita. Eu confesso que muitas vezes poderia ter um ataque, queria escutar as minhas músicas ou ver tv e mamãe estava lá, ouvindo Vivaldi e Mozart, dançando e cantarolando ao som dos disquinhos antigos. Existiam uns pesados, pareciam de ferro, credo que velharia! Ela ainda faz isso hoje e quem sofre é a minha filha..hahaha. Mas eu aprendi a gostar deste tipo de música e escuto de vez em quando, apesar de que quando isso acontece só faltam me bater (meio que como eu fazia com a minha mãe). Já falei do prato escolhido, agora deixo a música, na verdade as músicas, a primeira eu escolhi porque gosto dela e é de Mozart (esse é o cara!), Eine Kleine Nachtmusik e a outra é um tango que era um dos preferidos da vó, La Cumparsita (os tangos também apareciam em casa nas manhãs de domingo, ai...)

Carne de Panela Com Batatas Coradas
(Versão da Minha Avó, com minhas alterações)

Ingredientes:
1,5 Kg de coxão mole ou lagarto em peça
Sal, pimenta-do-reino, vinagre de vinho tinto (meia xícara chá) e alho para temperar
Óleo para fritar a carne
1 kg de batatas descascadas e cruas
Água o suficiente para o cozimento

Preparo: Temperar a carne de véspera, faça furos com a faca na peça de carne para que o tempero penetre. Deixe na geladeira temperado até o dia seguinte (colocar em um saco plástico com o tempero, para que esse envolva a carne). No dia seguinte, coloque de 3 a 4 colheres (sopa) de óleo em uma panela grande e frite bem a carne de todos os lados, ela deve ficar bem dourada, com a cor forte, isso é importante para que as batatas peguem essa cor depois. Acrescente o tempero na panela e coloque água até a metade da carne, espere ferver e abaixe o fogo. Mantenha uma chaleira com água quente e vá pingando está água na carne, conforme for secando. A carne também deve ser virada, para que cozinhe por igual. Esse processo pode acontecer entre 2 e três horas. Quando a carne estiver cozida, acrescente mais água, se necessário, junte as batatas e deixe até que as batatas fique cozidas e morenas e o caldo seque.

Minhas Dicas:
Quando estou com pressa, faço com bifes ou com a peça de carne na panela de pressão, após dourá-la. Deixo os bifes 10 minutos após pegar pressão e a carne entre 40 a 50 minutos. Espere sair a pressão da panela e teste, se estiver dura, deixe mais um pouco. A carne cozida lentamente fica bem mais gostosa, mas desse jeito quebra o galho.

Eu coloco shoyu no tempero da carne. Se fizer assim, cuidado com o sal.
Dá para substituir o sal por cubinhos de caldo pronto, existem uns com menos sal, com sabores diferentes, só experimentando prá saber qual combina com o gosto de cada um
Se a carne não ficar dourada como deveria, acrescente até 1 colher (sopa) de açúcar mascavo enquanto estiver fritando a carne, ajuda a dar cor, assim como o shoyu.
Cuidado com o cozimento das batatas, devem ficar inteiras, se cozinhar demais as elas começam a quebrar e o prato não fica tão bonito.
O sal e o vinagre podem ser colocados fora do tempero, depois que dourar a carne, pois eles acabam desidratando a mesma, mas a minha avó fazia desse jeito e sempre deu certo, então faço assim também.

6 comentários:

ameixa seca disse...

Quanto às músicas, foram super bem escolhidas. Adorei a história delas :) A minha preferência vai para o tango. Acho lindooo :)
Quanto à carne... tem um aspecto moreno delicioso ;)

Letícia disse...

Ameixa, na época confesso, não era das minhas preferidas, mas hoje sinto saudades... inclusive da carne de panela.
Bjos.

Parisiense dos Trópicos disse...

Incrível! Eu me deparei com seu blog, e no rádio tocava a mesma música que começou tocar aqui! Que coincidência!
Bjos!

Letícia disse...

Parisiense, que coincidência mesmo....uau!
Bjos e obrigada pela visita.

Silvinha disse...

Leticia, é um prazer conhecer seu blog!

Carne de panela com batatas coradas é uma delicia qdo bem feitas desta forma :o)

Beijo!

Letícia disse...

Oi Silvinha, obrigada pelo elogio. Visite sempre, será bem vinda. Bjo.

Related Posts with Thumbnails